.
 .
 .
..
.
.
.
.

.
 
 .

   A  B  C  D  E  F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z   

 

E Estrelando Pancho Villa

Para bancar seu exército na luta contra o presidente mexicano, Pancho Villa firma com um estúdio de Hollywood um contrato que permite as filmagens de suas batalhas. Dirigido por Bruce Beresford (Risco Duplo) e com Antonio Banderas e Jim Broadbent no elenco. 

Ficha Técnica
Título Original: And Starring Pancho Villa as Himself
Gênero: Aventura
Tempo de Duração: 112 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2003
Estúdio: City Entertainment / Green Moon Productions / The Mark Gordon Company
Distribuição: HBO Films
Direção: Bruce Beresford
Roteiro: Larry Gelbart
Produção: Sue Jett, Tony Mark e Diane Sillan
Música: Joseph Vitarelli
Fotografia: Andre Fleuren e Peter James
Desenho de Produção: Herbert Pinter
Direção de Arte: Brenardo Trujillo
Figurino: Monica Araiz e Eduardo Castro
Edição: Mark Warner e Edward A. Warschilka
Efeitos Especiais: Gray Matter FX

Elenco
Antonio Banderas (Pancho Villa)
Eion Bailey (Frank Thayer)
Alan Arkin (Sam Drebben)
Jim Broadbent (Harry Aitken)
Matt Day (John Reed)
Michael McKean (William Christy Cabanne)
Colm Feore (D.W. Griffith)
Alexa Davalos (Teddy Sampson)
Anthony Head (William Benton)
Kyle Chandler (Raoul Walsh)
Saul Rubinek (Eli Morton)
Cosme Alberto (Abraham Sanchez)
Damián Alcázar (General Rodolfo Fierro)
Pedro Armendáriz Jr. (Don Luis Terrazas)
Michael F. Boyle (Sargento Edward Emerson)
Rita López Carrasco (Carmen)
Carl Dillard (Charles Rosher)
Omar Espino (Anastacio Sanchez)
Marcelo García (General Toribio Ortega)
Peter Gregory (William Randolph Hearst)
Jorge Jiménez (General Hipolito Villa)
José Concepción Macías (Presidente Victoriano Huerta)
Fernando Becerril (Padre)

Sinopse
Janeiro, 1914, Forte Lee, Nova Jersey, capital mundial do cinema. O diretor D.W. Griffith (Colm Feore) fica sabendo que o revolucionário mexicano Pancho Villa (Antonio Banderas) está oferecendo os direitos exclusivos ao estúdio de cinema que tiver interesse em filmar seu exército revolucionário em ação contra as forças federais do despótico presidente do México, Victoriano Huerta (José Concepción Macías). Ele venderá estes direitos por US$ 25 mil, em ouro, adiantados e mais 20% dos lucros. A razão desta atitude é que Pancho descobriu que está sem dinheiro para combater o exército de Huerta, pois uma campanha promovida pelo magnata William Randolph Hearst (Peter Gregory), que controla vários jornais, gerou um embargo imposto pelo presidente Wilson. Assim Pancho está sendo obrigado a comprar armas e munições no mercado negro, o que onera seus custos. Griffith se interessa pela proposta, pois considera Pancho um astro por estar sempre nas capas dos jornais. Ele então envia Frank Thayer (Eion Bailey) e uma equipe de cinema para Presidio, Texas, nas margens do Rio Grande, que é a fronteira entre o Texas e o México. Neste local há um terraço de onde se pode ver combates entre o exército de Pacho e as forças do governo. Deste terraço Eli Morton (Saul Rubinek), o contato de Frank na região, faz um sinal que significa que o representante do estúdio está ali. À noite Thayer é "contrabandeado" para o México, onde após um desentendimento o contrato é assinado. Harry Aitken (Jim Broadbent), o chefão do estúdio, convoca a imprensa e diz que Pancho Villa foi contratado. Logo Frank e sua equipe estão filmando no meio do combate, com balas passando perto de suas cabeças, mas o resultado não é o esperado, pois a filmagem foi feita em condições precárias. Então outro contrato é feito nas mesmas condições, mas Pancho se compromete a filmar com um diretor e elenco profissional todas as cenas que não ficarem boas. 

 

Avaliação do filme "E Estrelando Pancho Villa"

Nome

E-mail 
Nota

Deseja que seu e-mail apareça junto a sua crítica?  SIM   NÃO

Sua crítica: